Valor >> Juro baixo faz debêntures encalharem

A acentuada queda da taxa básica de juros – 7,5% ao ano, com recuo previsto para 7% em dezembro – criou oportunidade para as empresas captarem recursos no mercado, em vez de recorrerem ao crédito bancário. Como o investidor brasileiro está acostumado a cobrar os maiores prêmios do planeta, algumas ofertas têm “encalhado”. A Equatorial Energia, por exemplo, cancelou captação de R$ 400 milhões em debêntures de infraestrutura alegando “condições de mercado desfavoráveis”. Outras sete companhias tiveram que recorrer a dinheiro dos bancos coordenadores ou desistir das operações. Entre setembro e outubro, bancos desembolsaram R$ 1,7 bilhão, de emissão total de debêntures de R$ 3,1 bilhões, para garantir os recursos demandados pelas empresas.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5182805/juro-baixo-faz-debentures-encalharem.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!