Jornal do Comércio >> Em ação civil, investidor pede na Justiça indenização por corrupção na Petrobras

Investidores da Petrobras que adquiriram ações no Brasil entraram na Justiça de São Paulo para pedir indenização por perdas com o esquema de corrupção revelado na Operação Lava Jato, da Polícia Federal. O processo é liderado pelo escritório de advocacia Almeida Advogados, que participou também da class action movida contra a Petrobras nos Estados Unidos. No Brasil, a ação corre na 6ª Vara do Foro Central de São Paulo e é assinada em conjunto com a Associação dos Investidores Minoritários (Aidmin).

“Tornou-se particularmente premente diante das informações de que a Petrobras está começando a fechar acordos em algumas das ações de caráter individual existentes nos Estados Unidos, por meio da qual concedeu reparação de danos a acionistas que haviam investido no exterior”, afirmou o advogado André Almeida, responsável pelo processo, em comunicado.

Ele ainda destacou que a class action nos Estados Unidos, que pede indenização de cerca de US$ 7 bilhões, é considerada a maior ação de reparação em curso no mundo. “A importância de tal ação ultrapassa em muito os significativos valores envolvidos, uma vez que se trata de caso diretamente conectado a maior crise política, econômica e moral já enfrentada por este País”, traz o comunicado.

No Brasil, “o Almeida Advogados buscou soluções para os investidores nacionais”, acrescenta.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-em-acao-civil-investidor-pede-na-justica-indenizacao-por-corrupcao-na-petrobras.br_conteudo/2017/11/economia/594781-em-acao-civil-investidor-pede-na-justica-indenizacao-por-corrupcao-na-petrobras.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!