Valor >> Educação financeira não amplia a poupança

As iniciativas de educação financeira no país nos últimos anos têm sido insuficientes para aumentar a poupança do brasileiro. É o que sugere um levantamento da Anbima, que reune entidades dos mercados financeiro e de capitais. Apenas um quarto da população economicamente ativa (24%) faz algum tipo de investimento. Entre os que guardam dinheiro, 42% pertencem à classe A. Na classe C, apenas 18% poupam. O instrumento preferido, por todos, é a caderneta de poupança, uma modalidade de eficiência questionável.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5187365/educacao-financeira-nao-amplia-poupanca.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!