Jornal do Comércio >> Dólar recua ante rivais, com reforma tributária dos EUA no radar

O impasse em torno da reforma tributária nos Estados Unidos continuou a afetar o dólar, que operou em baixa em relação a outras moedas principais nesta sexta-feira, 10. Em relação ao iene, no entanto, a moeda americana conseguiu recuperar parte das perdas registradas no dia anterior.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar subia a 113,53 ienes; o euro avançava para US$ 1,1666; e a libra subia para US$ 1,3197.

A proposta dos senadores republicanos de reescrever o código tributário dos EUA rompe em diversos pontos com a medida apresentada, na semana passada, pelos deputados do partido, impondo um confronto entre os líderes partidários e com pouco tempo antes do prazo do fim do ano para que o projeto seja aprovado.

As esperanças em torno da reforma tributária ajudaram a impulsionar o dólar, com o índice DXY em alta de quase 4% em relação ao menor nível de setembro. Para o dólar subir ainda mais, “precisamos de mais progressos na reforma tributária, mesmo que a aprovação final fique para o início do ano que vem”, comentaram analistas do Bank of America Merrill Lynch, em nota a clientes.

Já a libra teve forte avanço em relação ao dólar, após a produção industrial do Reino Unido subir 0,7% em setembro na comparação com o mês anterior, superando as expectativas de analistas consultados pelo Wall Street Journal.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-dolar-recua-ante-rivais-com-reforma-tributaria-dos-eua-no-radar.br_conteudo/2017/11/economia/595841-dolar-recua-ante-rivais-com-reforma-tributaria-dos-eua-no-radar.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!