Jornal do Comércio >> Governo lança nesta sexta-feira sistema para identificar barreiras ao comércio

O governo lança nesta sexta-feira (10), um sistema chamado SEM Barreiras, no qual os exportadores poderão relatar problemas que enfrentam para ingressar com seus produtos em outros países. A ferramenta foi desenvolvida pelo Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (MDIC), em parceria com o Ministério das Relações Exteriores e o setor privado. Houve contribuições do Ministério da Agricultura, do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

O MDIC explica que, para enfrentar barreiras ao comércio, é preciso que o setor privado aperfeiçoe seus produtos e também que o governo brasileiro atue na defesa dos interesses do setor exportador. O SEM Barreiras busca coordenar melhor esses esforços.

As barreiras ao comércio reduzem as exportações em 14%, segundo aponta estudo da Fundação Getúlio Vargas (FGV) elaborado a pedido da Confederação Nacional da Indústria (CNI). Com base nisso, a entidade pediu ao governo o desenvolvimento dessa ferramenta. O governo deverá publicar nesta sexta-feira no Diário Oficial um decreto regulando o serviço.

“É um instrumento fundamental para estreitar a relação entre setor privado e governo, uma vez que permitirá a atuação conjunta na identificação de barreiras, e também auxiliará no trabalho do MDIC e do governo como um todo nas gestões com autoridades estrangeiras para a diminuição ou remoção dessas barreiras”, disse o ministro da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, segundo sua assessoria.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-tesouro-brasil-exercera-opcao-de-compra-do-5875-global-2019.br_conteudo/2017/11/economia/595663-governo-lanca-nesta-sexta-feira-sistema-para-identificar-barreiras-ao-comercio.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!