Jornal do Comércio >> Nível de emprego na indústria cai 0,02% em outubro ante setembro, diz Fiesp

O nível de emprego na indústria paulista caiu 0,02% em outubro na comparação com setembro na série com ajuste sazonal, informou nesta sexta-feira (10) o Departamento de Pesquisas e Estudos Econômicos (Depecon), da Federação e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp e Ciesp). A Fiesp classifica esse movimento como estabilidade e destaca que, sem ajuste, houve avanço de 0,11%, com a criação de 2,5 mil vagas, algo que não acontecia desde 2010 (0,02%).

Segundo o diretor titular do Depecon, Paulo Francini, as duas altas consecutivas sinalizam uma recuperação da atividade industrial no Estado. “Apesar de ainda estar em baixa intensidade, essa recuperação é persistente”, avalia Francini.

Frente a outubro de 2016, houve queda mais forte, de 2,39%, com a eliminação de 53.500 vagas no período. Já no acumulado de 2017, o saldo é positivo em 9 mil postos (0,42%).

Entre os 22 setores, a metade teve resultado negativo, três ficaram estáveis e oito, positivos. O principal destaque de retração, foi o segmento de couro e calçados (-778). Do lado oposto, o melhor desempenho foi de máquinas e equipamentos, com geração de 2 mil postos de trabalho.

Tanto na Grande São Paulo (0,33%) quanto no interior paulista (0,03%) houve aumento do nível de emprego em outubro na série sem ajuste sazonal, diz a Fiesp. Já entre as 36 diretorias regionais, 17 tiveram retração, com destaque para Santa Bárbara D’Oeste (-2,62%). No caso das 16 que apresentaram expansão do emprego, o melhor desempenho foi de Matão (1,91%).

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-nivel-de-emprego-na-industria-cai-002-em-outubro-ante-setembro-diz-fiesp.br_conteudo/2017/11/economia/595727-nivel-de-emprego-na-industria-cai-0-02-em-outubro-ante-setembro-diz-fiesp.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!