Valor >> Google lança no Brasil sistema de pagamento por celular

SÃO PAULO  –  O Android Pay, sistema de pagamentos por celulares do Google, começou a funcionar no Brasil nesta terça-feira (14). Para usar, os donos de celulares com o sistema operacional da companhia precisam baixar o aplicativo e cadastrar seus cartões. Para compras pela internet, o Google lançou há algumas semanas o “Pagar com o Google”, um concorrente do PayPal.

Na prática, o Android Pay substitui o cartão na hora de pagar por uma compra em lojas físicas. Em vez de tirar o cartão do bolso, o consumidor pega o celular e o encosta na máquina de cartão. O Brasil é o 17º país no mundo a receber o sistema, que foi lançado nos EUA em 2015.

Inicialmente, só portadores de cartões com bandeira Visa do Banco do Brasil, da Caixa Econômica, do banco Neon, da Brasil Pré-pagos e da Porto Seguros Cartões poderão usar o sistema. Em maio, quando anunciou que traria o Pay para o Brasil até o fim do ano, a companhia de internet também tinha colocado na lista de parceiros as bandeiras Mastercard e Elo, o Itaú e o Bradesco.

De acordo com Alessandro Germano, diretor de parcerias estratégicas do Google, as negociações com outras empresas estão em curso e Bradesco e Mastercard irão se juntar à lista em breve. “Já sabíamos que não iríamos lançar com 100% do mercado. A ideia é que a iniciativa vá ganhando força. Tudo depende de questões de integração e do tempo de cada parceiro”, disse Germano, durante evento pela manhã na sede do Google, em São Paulo.

O modelo de negócios do Google não prevê remuneração pelas transações realizadas com o Android Pay. “O objetivo não é ter receita, é fortalecer o ecossistema do Android”, disse Germano. O sistema equipa 90% dos smartphones brasileiros. De acordo com o executivo, o a companhia vai lançar campanhas de marketing on-line e off-line para divulgar a tecnologia, além de estudar a criação de promoções que incentivem seu uso.

O Pay só funciona em smartphones e máquinas de cartão equipados com a tecnologia NFC (Near Field Communication), que permite a comunicação por aproximação entre dispositivos. A estimativa é que três milhões de máquinas de cartão em funcionamento no país sejam compatíveis com a tecnologia. Entre os celulares, a estimativa é que a base instalada esteja perto de 12 milhões de aparelhos – cerca de 10% do total. No acumulado de janeiro a setembro deste ano, a tecnologia estava presente em quase 30% dos 30 milhões de celulares vendidos no país, segundo a GfK.

Um dos grandes desafios para a popularização dos pagamentos com NFC é a ensinar vendedores e consumidores a usarem o sistema. Por conta disso, além dos bancos, o Google apresentou redes varejistas como Casa do Pão de Queijo, Kalunga, Ipiranga, Droga Raia, Drogasil e Carrefour como parceiros no lançamento do Android Pay.

De acordo com Silvana Baldo, diretora de marketing do Carrefour, até o fim do ano, todas as 250 lojas da companhia no Brasil estarão preparadas para esse tipo de pagamento. Hoje são cerca de 130 concentradas em São Paulo e no Rio. Essas lojas também aceitam o sistema de pagamento da Samsung, o Samsung Pay. A ideia, segundo Silvana, é ajudar nas iniciativas de redução de filas e do tempo de atendimento nas lojas – que integram a estratégia de modernização da rede iniciada há dois anos.

Na Casa do Pão de Queijo, as equipes de treinamento que rodam o país uma vez por mês já estão ensinando o uso do NFC aos franqueados, segundo Mario Carneiro Neto, diretor de marketing da companhia. De acordo com ele, a questão agora é a atualização do parque de máquinas desses lojistas para modelos compatíveis com o NFC. “Qualquer inovação que apareça e ajude a manter eficiência é uma mão na roda”, disse.

De acordo com Rogério Panca, diretor de meios de pagamento do Banco do Brasil, uma vantagem do NFC é a redução de custos de manutenção das máquinas. A estimativa é que esse gasto tenha redução de um quarto com o uso da tecnologia, uma vez que é reduzido o desgaste de peças por conta do contato do cartão com as máquinas.

O executivo disse que na Associação Brasileira de Cartões de Crédito (Abecs) vem sendo discutidas iniciativas de padronização de práticas de uso do NFC — hoje, Rede, Cielo, Getnet e as outras do mercado têm formas diferentes de apresentar a opção desse tipo de pagamento.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/empresas/5193795/google-lanca-no-brasil-sistema-de-pagamento-por-celular.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!