Jornal do Comércio >> Chineses vão investir quase R$ 4 bilhões na rede de energia gaúcha

O setor energético gaúcho recebeu um importante impulso nesta sexta-feira (17). Foi assinado, em cerimônia no Palácio do Planalto, em Porto Alegre, um acordo entre Eletrobras, Eletrosul, a empresa chinesa Shanghai Electric e o Clai Fund, Fundo Chinês para Investimento na América Latina, que assegura investimentos de R$ 3,9 bilhões para melhorar e expandir o fornecimento de energia elétrica no Estado.

O governo do Rio Grande do Sul também assinou o documento, como testemunha. Conforme o Executivo estadual, o recurso será usado para construir 1,9 mil quilômetros de linhas de transmissão e oito novas subestações, além de ampliar 13 subestações que já existem. As obras devem começar em março de 2018 de estar concluídas em até 48 meses; durante a execução, a expectativa é gerar onze mil empregos diretos.

O presidente da Eletrosul, Gilberto Odilon Eggers, afirmou que as contrapartidas ainda estão sendo definidas, mas garante que não devem envolvem dinheiro dos cofres gaúchos. “Estamos discutindo a estrutura de capital e o aporte de cada empresa. O restante virá de financiamentos que serão buscados na China e provavelmente no Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (Bndes)”, afirmou.

O novo sistema de transmissão deve melhorar o fornecimento de energia para a região metropolitana e criar um novo ponto de atendimento na região Norte. “O benefício prático para o cidadão é que, quando tudo isso for concluído, muito provavelmente ele não terá mais problemas de fornecimento de energia nas épocas de pico, como o verão”, explicou o secretário de Minas e Energia, Artur Lemos.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/11/economia/596904-chineses-vao-investir-r-3-9-bilhoes-em-rede-de-energia-gaucha.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!