Jornal do Comércio >> Planejamento: revisão de parâmetros adiciona R$ 4,764 bi à previsão de receitas

A liberação de recursos no Orçamento de 2017 foi possível graças ao aumento de R$ 4,976 bilhões na estimativa de receita líquida do governo federal. Segundo o Ministério do Planejamento, os principais fatores que influenciaram esse crescimento foram a revisão de parâmetros macroeconômicos, a arrecadação dos leilões de petróleo e de hidrelétricas e a devolução maior de precatórios (valores devidos pela União após sentença definitiva na Justiça) não sacados.

Por outro lado, o governo precisou diminuir em R$ 1,27 bilhão a expectativa de arrecadação com o programa de parcelamento de débitos tributários, o Refis, depois das mudanças aprovadas pelo Congresso Nacional e sancionadas pelo presidente Michel Temer. Segundo o Planejamento, a arrecadação até 5 de outubro ficou em R$ 7,570 bilhões, número que foi utilizado como referência para a atualização do Orçamento.

A revisão de parâmetros como inflação e PIB nominal adicionou sozinha R$ 4,764 bilhões à estimativa de receitas deste ano. O governo ainda incorporou R$ 2,619 bilhões adicionais em receitas com concessões. Tanto nos leilões das hidrelétricas que pertenciam à Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) quanto na concessão de áreas de exploração no pós-sal, a área econômica arrecadou mais que o previsto. O ganho só não foi maior porque houve frustração no leilão do pré-sal.

O governo ainda incorporou mais R$ 2,711 bilhões de precatórios que foram sacados depois de mais dois anos parados nas contas, sem resgate dos beneficiários. O valor foi atualizado conforme informações das instituições financeiras (Banco do Brasil e Caixa).

Para o lado negativo, houve revisões na arrecadação do INSS (R$ 310,2 milhões a menos), por conta da revisão da massa salarial e também da realização das receitas no ano. A arrecadação com exploração de recursos naturais, por sua vez, caiu R$ 826,6 milhões. Houve ainda perda de R$ 436,7 milhões na previsão de “outras receitas”.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-planejamento-revisao-de-parametros-adiciona-r-4764-bi-a-previsao-de-receitas.br_conteudo/2017/11/economia/596912-planejamento-revisao-de-parametros-adiciona-r-4-764-bi-a-previsao-de-receitas.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!