Jornal do Comércio >> Bolsas asiáticas fecham sem direção única, com alta na China e perdas em Tóquio

As bolsas asiáticas fecharam sem direção única nesta segunda-feira (20), com as da China se recuperando na segunda metade do pregão e a do Japão prejudicada pela valorização do iene, principalmente em relação ao euro.

Temores de que o governo chinês seja mais rígido na regulação dos mercados voltaram a pesar nas ações locais hoje, em especial nos negócios da manhã (pelo horário local). No fim da semana passada, Pequim revelou planos de intensificar a monitoração de produtos de gestão de ativos vendidos por instituição financeiras.

Na sessão da tarde, porém, as bolsas chinesas se recuperaram, evitando ampliar perdas recentes. O Xangai Composto subiu 0,28%, a 3.392,40 pontos, enquanto o menos abrangente Shenzhen Composto avançou 0,90%, a 1.971,93 pontos, apagando perdas de mais cedo que chegaram a 2,1%. Na sexta-feira, o Shenzhen, que é formado por empresas de menor valor de mercado, sofreu um tombo de 2,78%, o maior em quatro meses.

Em Tóquio, por outro lado, o Nikkei foi influenciado pelo iene, que se fortaleceu ante o euro durante a madrugada, após o fracasso ontem de conversas para a formação de uma nova coalizão governista na Alemanha. O índice japonês caiu 0,60%, a 22.261,76 pontos, depois de acumular ganhos nos dois pregões anteriores.

Em outras partes da Ásia, ações de tecnologia prejudicaram o sul-coreano Kospi, que recuou 0,25% em Seul, a 2.527,67 pontos, e o Taiex, que encerrou o dia com queda de 0,35% em Taiwan, a 10.664,55 pontos, mas o Hang Seng subiu 0,21% em Hong Kong, a 29.260,31 pontos, e o filipino PSEi registrou leve alta de 0,13% em Manila, a 8.321,98 pontos.

Segundo analistas, investidores na Ásia tendem a ficar retraídos nos próximos dias, uma vez que os EUA irão comemorar o feriado de Ação de Graças na quinta-feira (23). Há preocupações também sobre o andamento da reforma tributária do presidente dos EUA, Donald Trump, no Congresso americano.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no vermelho hoje, pressionada por papéis de grandes bancos domésticos e de mineradoras. O índice S&P/ASX 200 caiu 0,19% em Sydney, a 5.945,70 pontos.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-bolsas-asiaticas-fecham-sem-direcao-unica-com-alta-na-china-e-perdas-em-toquio.br_conteudo/2017/11/economia/597073-bolsas-asiaticas-fecham-sem-direcao-unica-com-alta-na-china-e-perdas-em-toquio.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!