Jornal do Comércio >> Bolsas da Ásia fecham majoritariamente em alta, graças a ações de bancos

As bolsas asiáticas fecharam majoritariamente em alta nesta quarta-feira (22), com destaque para o setor bancário, mas os ganhos diminuíram no fim dos negócios à medida que os investidores se retraíram antes de um feriado nos EUA.

Em Hong Kong, o Hang Seng ficou acima de 30.000 pontos pela primeira vez desde 2007, com alta de 0,62%, a 30.003,49 pontos, graças ao bom desempenho de papéis de bancos como HSBC e China Construction Bank, que tiveram ganhos de cerca de 2%. Já a gigante da tecnologia chinesa Tencent, que ontem impulsionou o Hang Seng e chegou a ultrapassar o valor de mercado do Facebook por algumas horas, perdeu o fôlego e recuou 0,74%.

Grandes bancos também sustentaram o principal índice acionário da China continental, o Xangai Composto, que subiu 0,59% hoje, a 3.430,46 pontos. Por outro lado, o menos abrangente Shenzhen Composto caiu 0,26%, a 1.982,28 pontos.

Em Tóquio, o Nikkei subiu pelo segundo pregão consecutivo, exibindo ganho de 0,48%, a 22.523,15 pontos, mas os ganhos foram limitados pelo fortalecimento do iene ante o dólar durante a madrugada.

O iene atingiu máximas intraday após os EUA alegarem que a Coreia do Norte violou o armistício que encerrou a Guerra da Coreia na década de 1950, num incidente em que guardas de fronteira dispararam contra um soldado que desertou para a Coreia do Sul na semana passada. Antes disso, comentário da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Janet Yellen, que ontem à noite disse ter dúvidas se a fraqueza da inflação nos EUA é de fato transitória, já vinha pesando no dólar.

Amanhã, o Nikkei não irá operar devido a um feriado no Japão.

Igualmente ajudados pelo setor financeiro, o sul-coreano Kospi avançou 0,39% em Seul, a 2.540,51 pontos, e o Taiex subiu 0,40% em Taiwan, a 10.822,59 pontos, tocando o maior nível em duas semanas, mas o filipino PSEi recuou 0,28% em Manila, a 8.265,68 pontos.

Ainda que a valorização tenha predominado hoje na Ásia, vários mercados haviam exibido ganhos mais robustos ao longo da sessão. O Hang Seng, por exemplo, subiu 1% no melhor momento do dia, enquanto nos mercados japonês, sul-coreano e taiwanês, o avanço chegou perto de 1%.

Segundo analistas, a desaceleração no fim do pregão está provavelmente relacionada ao feriado do Dia de Ação de Graças dos EUA, que será comemorado amanhã e manterá os mercados americanos fechados.

Na Oceania, a bolsa australiana ficou no azul pelo segundo dia seguido, favorecida por ações de petrolíferas e mineradoras. O S&P/ASX 200 avançou 0,38% em Sydney, a 5.998,10 pontos. 

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-bolsas-da-asia-fecham-majoritariamente-em-alta-gracas-a-acoes-de-bancos.br_conteudo/2017/11/economia/597587-bolsas-da-asia-fecham-majoritariamente-em-alta-gracas-a-acoes-de-bancos.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!