Jornal do Comércio >> Bolsas europeias buscam direção, de olho na Alemanha, Reino Unido e Fed

As bolsas europeias buscam direção nos negócios da manhã, em meio à indefinição política na Alemanha e à espera de um anúncio orçamentário no Reino Unido e da última ata de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA).

Ontem, o presidente alemão Frank-Walter Steinmeier, pediu a retomada de negociações para a formação de uma coalizão governista, que foram interrompidas no último domingo após o Partido Democrático Liberal (FDP, na sigla em alemão) abandonar o diálogo. Steinmeier fez o apelo depois de se reunir com representantes do FDP e dos Verdes, de centro-esquerda.

A aliança conservadora da chanceler Angela Merkel ganhou as eleições gerais da Alemanha em setembro, mas não conquistou maioria parlamentar. Caso as conversas não sejam retomadas, as opções de Merkel seriam enfrentar uma nova votação ou liderar um governo minoritário. Merkel já declarou preferir um novo pleito, mas a prerrogativa de convocar novas eleições é de Steinmeier.

No Reino Unido, o foco será a apresentação do último orçamento do governo britânico, a partir das 10h30min (de Brasília). A expectativa é que o orçamento, que será anunciado pelo ministro de Finanças, Philip Hammond, traga projeções de crescimento econômico menores do que as de um ano atrás e medidas para incentivar o setor imobiliário.

Já nos EUA, o Fed divulga às 17h (de Brasília) a ata de sua última reunião de política monetária, que poderá confirmar expectativas de que haverá um novo aumento de juros em dezembro. Se a elevação realmente vier no mês que vem, será a terceira do ano. Ontem, a presidente do Fed, Janet Yellen, demonstrou dúvidas sobre se o momento de inflação fraca nos EUA é de fato transitório, ajudando a pressionar o dólar.

O volume de negócios na Europa tende a ser menor nesta quarta-feira, visto que os EUA comemoram amanhã o feriado do Dia de Ação de Graças, que manterá os mercados locais fechados.

Na agenda europeia de indicadores, está previsto apenas o índice preliminar de confiança do consumidor da zona do euro referente a novembro, às 13h (de Brasília).

Entre as maiores bolsas da Europa, a de Londres subia 0,27% às 8h02min (de Brasília), mas a de Frankfurt recuava 0,23% e a de Paris cedia 0,05%. Os principais índices acionários de Milão, Madri e Lisboa, por sua vez, avançavam 0,29%, 0,46% e 0,14% respectivamente. No mercado cambial, o euro se fortalecia a US$ 1,1753 e a libra seguia a mesma direção antes do orçamento britânico, cotada a US$ 1,3251.

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-bolsas-europeias-buscam-direcao-de-olho-na-alemanha-reino-unido-e-fed.br_conteudo/2017/11/economia/597589-bolsas-europeias-buscam-direcao-de-olho-na-alemanha-reino-unido-e-fed.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!