Jornal do Comércio >> Dólar renova mínima pressionado por exterior, após abertura volátil

O dólar renovou mínimas ante o real nesta quarta-feira (22) após abertura volátil e sem direção única, pressionado pelo desempenho fraco no exterior. Lá fora, a moeda americana recua ante divisas principais (Dollar Index caía 0,15% às 9h41min) e também em relação a algumas divisas emergentes, em meio a expectativas de que a inflação continue fraca nos EUA e diante da alta das commodities.

Há ainda um compasso de espera em relação à reforma da Previdência, uma vez que o governo deve tentar manter a maior parte das regras que já haviam sido aprovadas na comissão especial. O texto será apresentado na noite desta quarta pelo relator, deputado Arthur Oliveira Maia (PPS-BA), a lideranças políticas em jantar no Palácio do Alvorada.

Às 9h43min, o dólar à vista recuava 0,05%, aos R$ 3,2502. Na mínima, caiu aos R$ 3,2477 (-0,13%). Na máxima, subiu aos R$ 3,2542 (+0,07%). No mercado futuro, o dólar para dezembro recuava 0,29%, aos R$ 3,2520, após tocar na mínima aos R$ 3,250 (-0,35%). Na máxima, registrou R$ 3,2570 (-0,14%).

Fonte Oficial: https://worldcambio.com.br/wp-content/uploads/2017/11/jornal-do-comercio-dolar-renova-minima-pressionado-por-exterior-apos-abertura-volatil.br_conteudo/2017/11/economia/597595-dolar-renova-minima-pressionado-por-exterior-apos-abertura-volatil.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!