Jornal do Comércio >> Procon de Porto Alegre investiga distribuidores de combustíveis por alta de preços

Cinco distribuidoras de combustíveis do Rio Grande do Sul estão sob a mira do Procon de Porto Alegre. O órgão de defesa do consumidor instaurou, nesta quinta-feira (23), uma investigação preliminar a fim de verificar a justificativa das distribuidoras para o aumento do preço do litro da gasolina e do etanol nos postos nos últimos 30 dias.

Além das distribuidoras do Estado, o Procon comunicou a Agência Nacional de Petróleo (ANP), o Conselho Administrativo de Defesa Econômica (CADE) e a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon) sobre a abertura de investigação.

De acordo com a diretora executiva do Procon Porto Alegre, Sophia Vial, o órgão vai questionar a Petrobras para que explique a influência do etanol na composição de preços da gasolina, bem como o modo de cálculo do reajuste de preços. “Queremos que as distribuidoras expliquem o aumento dos valores de combustível e a suposta ausência de repasse aos postos, e consequentemente, ao consumidor final, tendo em vista os descontos anunciados pela Petrobras neste mês”, ressalta.

O Procon Porto Alegre fiscaliza, desde a mudança na revisão de preços dos combustíveis, os postos da Capital com o objetivo de verificar se os estabelecimentos estão alterando os preços na medida que há previsão por parte da estatal.

A nova política de revisão de preços da Petrobras foi divulgada no dia 30 de junho. Com a revisão, a estatal diz esperar acompanhar as condições do mercado e enfrentar a concorrência de importadores. Desde junho a Petrobras avalia todas as condições do mercado para se adaptar e vem alterando os preços dos combustíveis quase que diariamente.

Fonte Oficial: http://jcrs.uol.com.br/_conteudo/2017/11/economia/597980-procon-de-porto-alegre-investiga-distribuidores-de-combustiveis-por-alta-de-precos.html.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!