Valor >> BC: Inadimplência cai e juro médio das operações de crédito tem alta

BRASÍLIA  –  A inadimplência média das operações de crédito no sistema financeiro apresentou estabilidade em 3,6% em outubro, de acordo com dados divulgados pelo Banco Central (BC). Em 2016, apesar da retração econômica e aumento dos juros, a inadimplência subiu apenas 0,3 ponto percentual, para 3,7%.

Entre as empresas, que lideraram os calotes em 2016, a taxa média saiu de 3,3% em setembro para 3,4% um mês depois. Entre as famílias, permaneceu em 3,9%.

Com recursos livres, a inadimplência das empresas se manteve em 5,2%. A taxa das famílias fechou outubro em 5,6%, mesmo patamar de setembro. Assim, a inadimplência total com recursos livres permaneceu em 5,4%.

No crédito direcionado, a inadimplência total subiu de 1,7% para 1,8% em outubro. A taxa para as empresas foi de 1,6% e das pessoas físicas de 2,1%.

Juro

Depois de dois meses seguidos de queda, a taxa de juro média cobrada pelo sistema financeiro nas suas operações de crédito registrou alta de 0,4 ponto percentual, indo de 27% em setembro para 27,4% em outubro.

No antepenúltimo mês de 2017, a alta dos juros ocorreu tanto para empresas e como para famílias. Para a pessoa jurídica, a taxa subiu de 17,5% para 18%; para a pessoa física, foi de 33,9% para 34,2%.

No caso do juro com recursos livres, a taxa para as pessoas físicas passou de 59,2% ao ano em setembro para 59,5% ao ano em outubro. O custo do dinheiro para as empresas avançou de 23,2% para 23,3%. O juro total com recursos livre fechou outubro em 43,6%, vindo de 43,3% um mês antes.

A alta dos juros médios do sistema mostra compatibilidade com a ampliação do spread (diferença entre o que os bancos pagam pelos recursos e o que cobram dos clientes), que saiu de 20,2 pontos percentuais em setembro para 20,7 pontos em outubro. Já o custo de captação das instituições cedeu de 6,8% ao ano em setembro para 6,7% em outubro. Em 12 meses, o custo de captação cai 2,7 pontos percentuais, enquanto o spread recua 3,3 pontos.

Nas operações de crédito com pessoas físicas, o spread ficou em 27,6 pontos percentuais, ante 27,2 pontos em setembro. No crédito às empresas foi verificada alta de 10,5 pontos percentuais para 11 pontos no mês passado.

Fonte Oficial: http://www.valor.com.br/financas/5205239/bc-inadimplencia-cai-e-juro-medio-das-operacoes-de-credito-tem-alta.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!