Bolsas asiáticas fecham em baixa generalizada, com foco em queda na China – Jornal do Comércio

As bolsas asiáticas começaram a semana em tom negativo, com as chinesas voltando a mostrar perdas nesta segunda-feira (27) e os índices acionários da Coreia do Sul e de Taiwan pressionados pelo rebaixamento de grandes empresas de tecnologia locais.

A China está no radar desde a última quinta-feira, quando seus principais mercados sofreram um tombo de mais de 2%. Na sexta-feira, as ações chinesas ficaram praticamente estáveis. O Xangai Composto caiu 0,94%, a 3.322,23 pontos, e o menos abrangente Shenzhen Composto recuou 1,55%, a 1.892,82 pontos, ambos fechando nos menores níveis em três meses. Preocupações com esforços de Pequim para reduzir riscos financeiros e com o ainda elevado nível dos juros de bônus chineses têm pesado nos negócios em Xangai e Shenzhen.

O fraco desempenho dos mercados chineses veio apesar de dados revelando forte avanço no lucro corporativo. Em outubro, as maiores empresas do setor industrial da China tiveram lucro 25,1% maior do que em igual mês do ano passado. No acumulado de janeiro a outubro, a expansão no lucro industrial foi de 23,3%. Mas Gao Ming, analista da China Merchants Securities, acredita que o ritmo de crescimento do lucro diminuirá para 10% a 15% no próximo ano.

Pressionado pela China, o Nikkei cedeu 0,24% em Tóquio, a 22.495,99 pontos, depois de chegar a subir 0,5% logo após a abertura da sessão. Com isso, o índice japonês interrompeu uma sequência de três pregões de ganhos.

Em Seul, o sul-coreano Kospi teve queda de 1,44%, a 2.507,81 pontos, enquanto em Taiwan, o Taiex registrou baixa de 0,95%, a 10.750,93 pontos, após o Morgan Stanley rebaixar sua recomendação para ações da Samsung Electronics e da Taiwan Semiconductor, que são, respectivamente, os principais componentes dos dois índices. A Samsung caiu 5,1% hoje, sua maior desvalorização em pouco mais de um ano, enquanto a Taiwan Semiconductor recuou 2,87%.

Em outras partes da Ásia, o Hang Seng apresentou baixa de 0,60% em Hong Kong, a 29.686,19 pontos, e o filipino PSEi mostrou perda marginal de 0,04% em Manila, a 8.361,69 pontos. Na Oceania, a bolsa australiana se recuperou de perdas de mais cedo e terminou o dia no azul, após duas sessões negativas. O S&P/ASX 200 avançou 0,10% em Sidney, a 5.988,80 pontos. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!