Ouro tem leve alta, mas registra melhor fechamento em uma semana – Jornal do Comércio

O contrato futuro do ouro observou uma leve alta nesta terça-feira (28), e registrou o maior fechamento em uma semana, ao passo em que os investidores digeriam as palavras do diretor do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Jerome Powell, na audiência de confirmação para que ele sirva como presidente do BC.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o contrato de ouro para dezembro fechou em alta de 0,01%, a US$ 1.294,90 por onça-troy.

Powell disse ao Comitê Bancário do Senado americano que deve prosseguir com o curso definido pela atual presidente do Fed, Janet Yellen, para elevação de juros. Juros mais altos tendem a fortalecer o dólar e prejudicar o ouro, que fica mais caro para investidores de outros países.

Nas segunda-feira, o ouro chegou a ultrapassar barreira dos US$ 1.300 por onça-troy, apoiado por um dólar mais fraco e pelo mau desempenho das bolsas americanas. Uma euforia renovada com as perspectivas econômicas europeias também impulsionou o euro ante o dólar dando apoio ao metal.

Além disso, o governo de Hong Kong disse que a China importou 46,5 toneladas de ouro de Hong Kong em outubro, numa alta de 56% ante o mesmo anterior. No entanto, na comparação com outubro do ano passado, houve queda de 24%. A importação mais fraca se deve, provavelmente, a menores volumes de compras por parte do BC chinês.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!