Custos bancários caem, mas spreads continuam elevados – Valor

A variação dos spreads bancários não tem acompanhado a redução dos custos de captação dos bancos, quebrando uma tendência histórica. Desde a taxa máxima em dezembro de 2015, o custo de captação das instituições financeiras no crédito livre apresenta firme trajetória de baixa, saindo de 15,23% ao ano para fechar outubro de 2017 em 8,15%, menor nível desde o começo de 2013.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!