Ouro fecha em queda, pressionado por dólar e sem fôlego após altas recentes – Jornal do Comércio

O contrato futuro do ouro caiu nesta quarta-feira. Além do dólar um pouco mais forte, o metal foi pressionado após atingir na sessão anterior o fechamento mais forte em uma semana.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para dezembro fechou em queda de US$ 12,80 (0,99%), a US$ 1.282,10 a onça-troy.

Uma leitura do Produto Interno Bruto (PIB) dos Estados Unidos em patamar forte, em linha com o esperado no terceiro trimestre, e uma avaliação positiva sobre a economia americana da presidente do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), Janet Yellen, apoiaram o dólar. Mesmo que a moeda não tenha avançado tanto durante o pregão do ouro, o movimento cambial foi suficiente para deixar o metal sob pressão.

Na segunda-feira, o ouro chegou a ultrapassar o nível dos US$ 1.300 a onça-troy, diante do dólar mais fraco e do mau desempenho das bolsas de Nova Iorque. Na terça, o contrato teve alta marginal, mas suficiente para atingir o fechamento mais alto em uma semana. Nesta quarta, o fôlego não se manteve e o contrato recuou.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!