Renner abre segunda filial no Uruguai – Jornal do Comércio

Aos poucos a gaúcha Renner coloca seus tentáculos no mercado consumidor uruguaio. A segunda filial da marca foi aberta na sexta-feira passada (24) em um shopping center em Montevidéu. A primeira loja foi  inaugurada em setembro, também na capital uruguaia, mas como ponto de rua e na zona central, na esquina das avenidas 18 de Julio e Yaguarón. Até começo de 2018, a rede, maior varejista de moda do Brasil pretende chegar a quatro operações da bandeira Lojas Renner, que é a mais tradicional da marca, no país vizinho. 

Ainda este ano a rede prevê a estreia de uma unidade no shopping Costa Urbana, em Canelones, distante 12 quilômetros de Montevidéu. No começo de 2018, Rivera, na fronteira com o Rio Grande do Sul, encostada em Santana do Livramento e paraíso dos free shop, terá uma filial da marca. Ao falar em setembro ao Jornal do Comércio sobre as operações que marcam o começo da internacionalização da companhia, o  diretor de compras da Renner, Fábio Faccio, apontou a cultura diferente no país vizinho como desafio. Pesquisas e até entrevistas com consumidores ajudaram a calibrar o perfil do mercado. 

“A chegada ao Punta Carretas representa um novo marco para a empresa, pois é a nossa primeira loja em um shopping no exterior”, valorizou o diretor-presidente da companhia, listada em bolsa, José Galló, em nota. “É a oportunidade de levar a um público ainda maior a proposta de valor da Renner”, completou Galló. A rede deve ingressar em outros mercados na América do Sul, mas, por enquanto, não confirma e comenta. O diretor-presidente chegou a dizer, no começo deste ano, que a meta é tornar a Renner a maior varejista de moda da América.  

A loja segue o layout interno das unidades mais recentes inauguradas no Brasil e fica no Punta Carretas Shopping, em um dos bairros mais tradicionais de Montevidéu. Segundo a assessoria da companhia, a unidade tem 2 mil metros quadrados e três andares, com departamentos feminino, masculino, infantil, moda íntima, acessórios e perfumaria. O investimento chegou a R$ 9,8 milhões. 

Na filial, são 50 funcionários. No ponto, a companhia segue o conceito de lifestyle, com o arranjo de peças compondo diferentes estilos de vida e personalidade. A exposição busca facilitar a conexão do cliente com o jeito de vestir. 

Segundo a rede, a filial ocupa uma área de locação nova do Punta Carretas que foi criada especialmente para a unidade da varejista. O projeto seguiu também as práticas de sustentabilidade da companhia, que incluem uso de 100% de lâmpadas LED na iluminação na área de frente do ponto, além de uso de tinta á base de água e matérias-primas com menor impacto ambiental, informa a rede. Entre os itens com materiais que aplica a proposta sustentável, cortinas de provadores e sacolas de embalagem são feitas de fio reciclado, com reaproveitamento de resíduos têxteis gerados na cadeia de fornecimento dos produtos para a Renner.

> Assista à entrevista de Fábio Faccio, ao comentar preparação para estrear no Uruguai:

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!