Eunício diz que tramitação da Previdência é, por ora, assunto da Câmara – Jornal do Comércio

O presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), evitou fazer comentários sobre a reforma da Previdência, nesta quinta-feira (30), e disse que é preciso esperar a apreciação do texto na Câmara. Segundo Eunício, o sistema é bicameral e é preciso “respeitar” a tramitação da outra Casa. “Quem deve se manifestar sobre essa matéria é o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ)”, desconversou.

Focado em apresentar uma agenda positiva até o final do ano, Eunício afirmou que dará prioridade para a área de microeconomia. “Nós temos hoje cerca de 90% dos empregos gerados no Brasil por pequenas, médias e micro empresas e elas têm muita dificuldade na burocracia”, avaliou. Para ele, o resultado do Grupo de Trabalho de Reformas Microeconômicas, da Comissão de Assuntos Econômicos (CAE), servirá “para permitir que as pessoas tenham facilidade para instalar sua empresa, gerar emprego e renda, e facilitar a vida do contribuinte brasileiro”.

De acordo com Eunício, a agenda positiva será apresentada aos líderes partidários na próxima terça-feira, 5. A partir dessa data, os senadores poderão oferecer sugestões de mudanças aos projetos sugeridos pelo Grupo de Trabalho coordenado pelo senador Armando Monteiro (PTB-PE).

Eunício também ressaltou que parte da agenda nas próximas semanas será voltada para a área de segurança pública. A senadora Simone Tebet (PMDB-MS) foi escolhida para ser relatora do pacote de segurança em análise na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) – das 35 matérias selecionadas, dez estão prontas para votação na comissão.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!