Ouro fecha em queda com perspectiva de que Fed elevará juros gradualmente – Jornal do Comércio

O ouro caiu nesta quinta-feira, após dados do Departamento do Comércio mostrarem que os gastos com consumo nos Estados Unidos em outubro ficaram estáveis enquanto os salários aumentaram, sugerindo que a economia terá um novo trimestre de crescimento forte.

O contrato para fevereiro negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), fechou em queda de 0,73%, a US$ 1.276,70 por onça-troy.

Os preços do metal têm caído desde que bateram US$ 1.300,00, considerado um nível crucial técnico e psicologicamente para muitos investidores.

O ouro foi pressionado por dados econômicos que, segundo analistas, devem manter o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) com a postura de elevar os juros gradualmente. O metal precioso sofre para competir com ativos atrelados a juros, como os Treasuries, conforme os custos de empréstimo sobem.

Alguns analistas dizem que novas pistas sobre os planos do Fed também podem afetar os preços do ouro até o fim do ano.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!