Petrobras declara comercialidade de área no pré-sal da Bacia de Santos – Jornal do Comércio

A Petrobras declarou a comercialidade da porção noroeste da área de Libra, no pré-sal da Bacia Santos, batizada de Mero. O volume recuperável total estimado é de 3,3 bilhões de barris de petróleo de alto valor comercial, de 29 graus API. O campo de Mero está localizado a cerca de 180 km da costa do Rio de Janeiro, em águas ultraprofundas, e, segundo a Petrobras, “apresenta reservatório de carbonato de alta qualidade com alta produtividade”.

Na fase exploratória e de avaliação, oito poços de extensão foram perfurados. Desde o último domingo, o óleo é extraído em regime de teste, por meio do navio-plataforma Pioneiro de Libra. Para dar continuidade ao desenvolvimento da produção, serão instaladas quatro novas plataformas.

Em comunicado, a Petrobras informou ainda que submeteu à Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) o relatório final do Plano de Avaliação da Descoberta (PAD) do poço 2-ANP-2A-RJS, o descobridor do reservatório de Libra em 2010.

O restante de Libra permanecerá sendo explorado. Para isso, a ANP estendeu o prazo exploratório por mais 27 meses.

O consórcio de Libra é liderado pela Petrobras – com participação de 40% – em parceria com a Shell (20%); Total (20%); CNPC (10%) e CNOOC (10%), tendo a Pré-Sal Petróleo (PPSA) como gestora do contrato de partilha da produção.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!