Dólar sobe ante rivais apoiado por avanço da reforma tributária nos EUA – Jornal do Comércio

O dólar avançou de forma generalizada nesta segunda-feira (4), impulsionado pelo avanço da proposta dos republicanos para uma reforma tributária no Senado dos Estados Unidos.

No fim da tarde em Nova Iorque, o dólar subia a 112,54 ienes, de 112,11 ienes na tarde da sexta-feira; o euro caía para US$ 1,1853, de US$ 1,1895; e a libra recuava para US$ 1,1684, de US$ 1,3473.

O presidente americano, Donald Trump, disse que os cortes de impostos vão impulsionar a economia e alguns analistas acreditam que a medida pode incentivar o Federal Reserve (Fed, o banco central americano) a elevar as taxas de juros num ritmo mais acelerado. Juros maiores tendem a impulsionar o dólar ao tornar a moeda mais atrativa para investidores em busca de rendimentos.

Os legisladores vão tentar pressionar por um projeto de lei final para a Casa Branca antes do Natal, ao passo em que a Câmara dos Representantes e o Senado tentam conciliar versões diferentes do projeto.

Qualquer indicativo de que o processo possa ser adiado pode afetar o dólar, de acordo com analistas.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!