Dow Jones renova recorde, mas ações de tecnologia pesam no S&P 500 e no Nasdaq – Jornal do Comércio

O índice Dow Jones reagiu bem à aprovação de um projeto de reforma tributária nos Estados Unidos pelo Senado americano, mas uma forte queda nos papéis de tecnologia limitou os ganhos e fez com que os outros indicadores de ações fechassem no terreno negativo nesta segunda-feira (4).

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,24%, aos 24.290,05 pontos, e renovou máxima histórica de fechamento. Enquanto isso, o S&P 500 recuou 0,11%, aos 2.639,44 pontos; e o Nasdaq cedeu 1,05%, aos 6.775,37 pontos.

Depois que o Senado americano aprovou o plano tributário elaborado pelos senadores republicanos na madrugada de sexta-feira para sábado, os investidores reagiram com forte impulso nesta segunda-feira, fazendo com que, no início do pregão, o Dow Jones conseguisse ficar acima de 1% durante bom tempo. No entanto, uma forte queda vista nas ações de gigantes de tecnologia fez com que os ganhos nos índices acionários americanos fossem limitados.

A Câmara e o Senado ainda precisam conciliar as versões concorrentes do plano tributário, algo que os líderes republicanos esperam fazer até o Natal. O corte no imposto corporativo pode estimular o crescimento dos lucros das empresas e ajudar a manter o longo rali visto nos mercados de ações dos EUA, disseram investidores e analistas. “Obviamente, para as empresas, é uma conquista. É improvável que ele altere materialmente a trajetória de crescimento, mas é provável que altere materialmente o crescimento dos lucros”, afirmou o gerente de portfólio da Lazard Asset Management, Ronald Temple.

Os bancos, que estariam entre os maiores beneficiários de cortes nos impostos, continuaram a reagir positivamente: o J.P.Morgan subiu 2,06%, o Citigroup avançou 2,11% e o Wells Fargo ganhou 2,12%. Entre as ações de tecnologia, lideraram as perdas a Microsoft (-3,77%), a Amazon.com (-2,44%) e o Facebook (-2,07%).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!