Ibovespa sobe 0,41% no dia, mas encerra semana com perda de 2,55% – Jornal do Comércio

O primeiro pregão de dezembro foi de instabilidade no mercado brasileiro de ações, apesar do ambiente de escassez de notícias. O Índice Bovespa alterou altas e baixas ao longo de sexta-feira, oscilando em um intervalo significativo, de 984 pontos. Ao final dos negócios, o índice teve alta de 0,41%, aos 72.264 pontos. No acumulado da semana, o índice recuou 2,55%. O volume de negócios somou R$ 7,743 bilhões.

Na análise por ações, um dos destaques de alta ficou com os papéis da Petrobras, que subiram 1,00% (ON) e 1,50% (PN). Eles refletiram principalmente a alta significativa dos preços do petróleo nos futuros de Londres e Nova Iorque. Com o minério e outros metais também valorizados, Vale ON subiu 0,97%. As ações do setor financeiro abandonaram as quedas e deram maior fôlego ao Ibovespa no final do dia. Entre elas, destaque para Banco do Brasil ON ( 2,84%).

Com a reforma da Previdência em compasso de espera, os investidores voltaram as suas atenções para os EUA. Durante o depoimento do antigo conselheiro de Segurança Nacional Michael Flynn, o dólar alcançou o patamar mais baixo do dia, a R$ 3,2490. A leitura do mercado era de que o escândalo poderia atrapalhar a votação da pauta tributária pelo Senado. No entanto indícios de que o governo norte-americano teria conseguido angariar os votos necessários para aprovação da reforma fizeram com que a queda se arrefecesse.

A divisa negociada no balcão à vista encerrou a primeira sessão de dezembro com baixa menos acentuada, a R$ 3,2542. O recuo de 0,49% arrefeceu a alta acumulada da semana, de 0,74%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!