Dólar avança ante rivais, com expectativa por reforma tributária nos EUA – Jornal do Comércio

As renovadas expectativas com a reforma tributária nos Estados Unidos e o ritmo de aperto monetário do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) continuaram a influenciar os mercados e fizeram o dólar avançar em relação a outras moedas fortes nesta terça-feira, 5.

No fim da tarde em Nova York, o dólar subia para 112,56 ienes e o euro caía para US$ 1,1830.

A perspectiva de que deputados e senadores do Partido Republicano irão conciliar os dois projetos de reforma tributária que foram aprovados na Câmara e no Senado e fazer uma nova versão que passará nas duas casas fez com que o dólar novamente operasse em alta na comparação com outras divisas consideradas principais. Na tarde desta terça-feira, o presidente americano, Donald Trump, e o líder republicano no Senado, Mitch McConnell, dissiparam dúvidas quanto ao texto final e afirmaram que o imposto corporativo será cortado dos atuais 35% para 20%.

Investidores também continuarão com o Fed no foco. Com uma alta nos juros dada como certa na reunião de política monetária do banco central dos EUA na próxima semana, os agentes aguardam o relatório de empregos (payroll) do país, a ser divulgado na próxima sexta-feira.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!