Mercosul e União Europeia trocam ofertas  – Jornal do Comércio

Mercosul e União Europeia trocaram ontem em Bruxelas novas ofertas para o acordo de livre comércio entre os dois blocos, informam fontes próximas à negociação. Com isso, melhoraram as chances de ser anunciado na próxima semana, durante reunião ministerial da Organização Mundial do Comércio (OMC) em Buenos Aires, que foi alcançado um pré-acordo, ou acordo político. Ou seja, que a base do entendimento foi fechada e que detalhes serão concluídos no início de 2018.

Na semana passada, fontes falaram numa chance de 70% de fechamento do acordo. Agora, evitou-se falar em números, mas o cenário melhorou ainda mais. Não foram divulgados detalhes das ofertas trocadas mais cedo nesta terça-feira. Elas podem tratar de cotas e tarifas para compra de mercadorias e regras para investimentos e compras governamentais, por exemplo.

Ainda não foi tocada a parte mais difícil do entendimento: a oferta europeia para o comércio de carne e etanol. O que está sobre a mesa é considerado inaceitável pelo Mercosul. São 70 mil toneladas de carne e 600 mil toneladas de etanol, quando o mínimo esperado eram 100 mil toneladas de carne e 1 milhão de toneladas de etanol. Sem melhora nesses números, não deverá ser fechado principal capítulo do acordo, que é o que trata das trocas de mercadorias, o chamado “acesso a mercados”. Sem entendimento nele, todo o mais fica em suspenso.

A expectativa é que os europeus tragam novos números para reuniões que correrão em paralelo à reunião da OMC. Uma primeira conversa, de nível ministerial, está acertada para o dia 10.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!