Presidente da Riachuelo critica tamanho do Estado – Valor

SÃO PAULO  –  O presidente da Riachuelo, Flávio Rocha, criticou nesta quinta-feira o tamanho do Estado em discurso no Comitê para o Desenvolvimento do Mercado de Capitais (Codemec), que acabou de ser criado. “No Brasil carrapato [Estado] ficou maior que o boi e quando isso acontece os dois morrem”, disse.

A grande responsabilidade dos empresários é lutar por um Estado que caiba no PIB, afirmou Rocha. “Mentalidade hiperregulatória tem efeito de areia nas engrenagens da economia”, declarou o executivo.

O Brasil tem três milhões de ações trabalhistas, mais do que a soma de todas as ações do gênero no mundo, segundo Rocha. “A reforma trabalhista pode levar o Brasil a subir 30 posições no ranking global de competitividade”, disse.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!