China: exportações crescem 12,3% em novembro, pelo nono mês seguido – Valor

PEQUIM  –  As exportações da China cresceram pelo nono mês consecutivo em novembro e a um ritmo mais acelerado, uma vez que a demanda externa por bens da segunda maior economia do mundo permaneceu sólida, enquanto o crescimento da demanda por importações permaneceu em dois dígitos.

As exportações subiram 12,3% em novembro em relação ao mesmo mês do ano anterior, após um crescimento de 6,9% em outubro, informou a Administração Geral de Alfândegas nesta sexta-feira.

A mediana das previsões de um grupo de economistas consultados pelo “The Wall Street Journal” havia apontado para uma alta de 6,0%.

As importações em novembro aumentaram 17,7% em relação a um ano antes. Em outubro, a alta havia sido de 17,2%. O avanço de novembro ficou acima do previsto pelos economistas, de 12,0%.

As importações da China têm crescido a um ritmo de dois dígitos desde janeiro.

Como resultado, o superávit comercial da China aumentou em novembro para US$ 40,21 bilhões, ante US$ 38,2 bilhões no mês anterior, superando a mediana das previsões, de US$ 34,2 bilhões.

Em yuan

A Administração Geral de Alfândegas havia divulgado também nesta sexta-feira os dados de comércio exterior na moeda chinesa, o yuan.

As exportações cresceram 10,3% em novembro em relação ao mesmo mês do ano passado na moeda local, depois de um ganho de 6,1% em outubro.

Já as importações em novembro cresceram 15,6% em relação ao mesmo mês do ano anterior, em yuan. Em outubro, a alta havia sido de 15,9%.

Com isso, o superávit comercial chinês em novembro ficou em 263,6 bilhões de yuan (US$ 39,8 bilhões), ante 254,5 bilhões de yuan em outubro.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!