Ibovespa sobe 0,34% e termina semana com ganho de 0,65% – Jornal do Comércio

O mercado brasileiro de ações operou sob um misto de influências internas e externas no pregão desta sexta-feira (8), apesar da agenda política escassa, típica de uma sexta-feira. O noticiário internacional favorável manteve commodities e bolsas em alta e exerceu papel importante no desempenho do Índice Bovespa, que terminou o dia com ganho de 0,34%, aos 73.731,83 pontos. No front interno, foi bem recebida a previsão de que a reforma da Previdência será votada no próximo dia 18. Por outro lado, o Placar da Previdência, divulgado pela Agência Estado, adicionou cautela aos negócios e limitou a alta.

“Em princípio o mercado reagiu positivamente à definição de uma data para votar a reforma, apesar do prazo muito apertado. Mas estamos em um momento de muitos ruídos no cenário político, o que pode fazer a bolsa devolver os ganhos a qualquer momento”, disse Carlos Soares, analista da Magliano.

Na máxima do dia, o Ibovespa alcançou os 73.425,31 pontos, com ganho de 1,29%. A divulgação do Placar da Previdência, pouco depois do meio-dia, gerou pressão de compra sobre o dólar e o índice perdeu fôlego pontualmente.

De acordo com a última parcial do levantamento do Grupo Estado, 215 deputados se declaram contrários à Proposta de Emenda à Constituição (PEC) da reforma da Previdência, enquanto 62 declaram que devem votar favoravelmente à medida. Outros 232 parlamentares se disseram indecisos, não quiseram revelar seu voto ou informaram que estarão ausentes na votação. Somado o contingente indefinido ao de deputados favoráveis à reforma, são 294 votos, número insuficiente para aprovar a proposta (308).

No exterior, dados positivos do mercado de trabalho dos Estados Unidos e o surpreendente resultado da balança comercial da China foram algumas das notícias que impulsionaram os ativos pelo mundo. Com isso, o Ibovespa voltou a ganhar fôlego e operou com alta em torno de 1% durante boa parte da tarde, antes de perder forças na última hora de negociação.

Com o petróleo registrando altas de até 2% nos mercados futuros, as ações da Petrobras terminaram o dia com ganhos de 0,19% (ON) e 0,59% (PN). Vale ON subiu 0,40%, influenciada pela alta do minério de ferro no mercado chinês. As ações do setor financeiro também recuperaram as perdas da véspera e subiram, com destaque para as units de Santander Brasil, que avançaram 2,40%. Itaú Unibanco PN subiu 0,86%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!