Ouro fecha em queda em meio a avanço do dólar e apetite pelo risco – Jornal do Comércio

O contrato do ouro fechou em queda nesta sexta-feira, 8, pressionado pelo avanço do dólar, em meio a um ambiente de apetite pelo risco, em que o mercado acionário dos Estados Unidos opera em alta.

O contrato para fevereiro, negociado na Comex, a divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), caiu 0,37%, a US$ 1.248,4 por onça-troy.

O ouro ficou mais caro para investidores de outros países, após o dólar ter encontrado apoio em dados positivos do mercado de trabalho nos EUA. O Departamento do Trabalho informou que a economia americana criou 228 mil empregos em novembro, num sinal de robustez do mercado.

Dados positivos sobre a economia americana também aumentam as chances de o Federal Reserve (Fed, o banco central dos EUA) elevar as taxas de juros ainda este mês. Juros maiores tendem a impulsionar o dólar e pressionar o ouro.

Hoje, o ouro, que é visto como um ativo seguro, também perdeu atratividade ante papéis mais arriscados, como ações corporativas.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!