Dólar e juros voltam a mostrar sensibilidade à cena política – Valor

SÃO PAULO  –  O dólar e os juros futuros ainda operam em baixa na sessão desta segunda-feira, mas já se aproximam da estabilidade. Apesar de sinais favoráveis à reforma da Previdência no fim de semana, o comportamento dos ativos volta a mostrar sensibilidade a cada discurso novo dos políticos de Brasília.

Ainda não há “clareza” necessária para colocar a reforma da Previdência em votação, afirmou o presidente da Câmara, Rodrigo Maia. O tema da Previdência só sairá de pauta do Brasil depois que for votado e aprovado, acrescentou.

Sinais da cautela no mercado, o prêmio cobrado nos vértices mais longos dos contratos de Depósito Interfinanceiro (DI) voeltam a se ajustar para cima. A diferença do DI janeiro de 2023 e o DI janeiro de 2019 sobe para 3,11 pontos percentuais, ante 3,10 pontos anteriores.

A queda do dólar é moderada, tendo reduzido o ritmo, quando também houve alguma piora do apetite por risco no exterior. Assim, a divisa americana até caiu para R$ 3,2740 na mínima do dia, mas enfrenta dificuldade para se afastar do nível de R$ 3,30. Por volta das 12h30, o dólar era negociado a R$ 3,2910 no balcão, queda de 0,12%.

Tamanha incerteza na cena política também deve se refletir na comunicação do Banco Central (BC), que amanhã informa a ata da última reunião do Comitê de Política Monetária (Copom). “Como não esperamos que nem os números de atividade nem de inflação divirjam substancialmente dos status atual, acreditamos que o pano de fundo político deve ser apontado como crucial para mudar a avaliação atual do Banco Central ou corroborá-la”, dizem os economistas Jankiel Santos e Flávio Serrano, do banco de investimentos Haitong do Brasil.

Ao redor das 12h30, os juros futuros recuavam, mas em baixa intensidade. O DI janeiro/2019 recuava a 6,980% (7,010% no ajuste anterior) e o DI janeiro/2020 marcava 8,270% (8,290% no ajuste anterior).

O DI janeiro/2021 cedia a 9,210% (9,240% no ajuste anterior).

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!