Dow Jones e S&P 500 renovam recordes, apoiados por energia e tecnologia – Jornal do Comércio

Em um dia sem movimentos muito destacados nesta segunda-feira (11), os mercados acionários americanos fecharam em alta, apoiados pelo avanço de ações de companhias de tecnologia e de energia.

O índice Dow Jones fechou em alta de 0,23%, aos 24.386,03 pontos; o S&P 500 avançou 0,32%, aos 2.659,99 pontos; e o Nasdaq teve alta de 0,51%, aos 6.875,08 pontos. Os dois primeiros renovaram máximas históricas de fechamento.

As ações de companhias de petróleo e gás se destacaram nesta segunda-feira, à medida que os preços do petróleo subiram, reagindo ao fechamento de um sistema de oleodutos no Reino Unido A Chevron avançou 0,42%, a ExxonMobil ganhou 0,45% e a Chesapeake teve valorização de 4,08%.

A segunda-feira também foi de destaque para as ações de companhias de tecnologia. A Apple (+1,95%) liderou os ganhos, após anunciar a compra da Shazam Entertainment, sendo, agora, dona de um dos aplicativos mais populares de reconhecimento de músicas. O movimento ocorre enquanto a Apple tenta impulsionar o número de assinantes da Apple Music.

Na próxima quarta-feira, a atenção dos investidores se voltará para a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), que deverá elevar as taxas de juros em 0,25 ponto porcentual. “Há um amplo desacordo no mercado em termos do número de elevações em 2018”, afirmou o diretor de ações da PineBridge Investments, Anik Sen. Embora o pano de fundo para os mercados acionários pareça positivo em relação ao novo ano, uma alta na inflação pode estimular o Fed a agilizar o seu aperto monetário, o que poderia exercer uma pressão baixista ao rali das ações.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!