EPE: Brasil e Argentina discutem possível intercâmbio sazonal de gás – Jornal do Comércio

Uma maior integração entre Brasil e Argentina no mercado de gás natural pode ser viabilizada no médio prazo, permitindo que o país vizinho exporte o insumo ao País, particularmente no verão, quando reduz o consumo argentino de gás mas aumenta a demanda por energia no Brasil.

Segundo o superintendente de gás natural e biocombustíveis da Empresa de Pesquisa Energética (EPE), Giovani Machado, há conversas em andamento entre argentinos e brasileiros para realizar um estudo similar ao que foi feito no passado com a Bolívia, visando a possibilidade de desenvolver um mercado de gás mais firme entre os dois países.

A proposta ocorre num momento em que a Argentina planeja seus projetos de produção de gás, que devem levar em conta a demanda máxima no país, que ocorre no inverno, quando o consumo dobra por conta da calefação. “Existe um interesse em ter um intercâmbio dentro do ano, o que poderia viabilizar o término do (gasoduto) Uruguaiana-Porto Alegre”, comentou o superintendente, durante evento sobre o setor de gás promovido pela Associação Brasileira da Infraestrutura e Indústria de Base (Abdib).

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!