Ouro fecha em leve baixa, com investidores à espera do Fed – Jornal do Comércio

O contrato futuro de ouro fechou em leve baixa nesta segunda-feira (11) continuando o movimento baixista do fim da semana passada, quando os preços do metal precioso fecharam no menor nível desde a última semana de julho. Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em fevereiro fechou em queda de 0,12%, a US$ 1.246,90 por onça-troy.

Os preços do ouro oscilaram entre leves ganhos e perdas nesta segunda-feira, à medida que os investidores se atentam às reuniões de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano), do Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) e do Banco Central Europeu (BCE), que ocorrem nesta semana. Com os investidores precificando uma alta de juros pelo Fed na reunião desta semana, os preços do ouro tendem a cair, tendo em vista que os investidores migram apara ativos que oferecem retorno maior. “No momento, o caminho do ouro é para baixo”, comentou o analista sênior Jim Wyckoff, da Kitco Metals.

No entanto, alguns agentes disseram que as dúvidas sobre os planos do Fed para aumentar as taxas de juros três vezes no próximo ano, também estarão no radar nesta semana, com os investidores atentos ao comunicado da instituição. “O ouro e os metais preciosos tendem a ser comprados no fato de uma subida das taxas de juros a depender do cenário para o futuro”, afirmou o estrategista de metais preciosos da Mitsubishi, Jonathan Butler, em nota a clientes.

Os investidores também estão monitorando sinais de turbulência geopolítica que tendem a impulsionar os ativos considerados mais seguros. Para alguns analistas, o contínuo avanço dos principais índices acionários em todo o mundo e a recente popularidade das criptomoedas tornaram o ouro um veículo de investimentos menos atraente.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!