Seguro do FGC por investidor deve ter teto de R$ 1 milhão – Valor

A cobertura do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), que funciona como uma espécie de seguro para o investidor na compra de títulos bancários em caso de quebra de instituições financeiras, vai mudar. A proposta que está sendo finalizada e com mais chance de aprovação limita a garantia a R$ 1 milhão por CPF. Hoje não existe um limite geral, apenas um teto de R$ 250 mil por instituição, o que abre espaço para que o investidor tenha inúmeras aplicações com esse valor em vários bancos, todas asseguradas pelo Fundo Garantidor.

Fonte Oficial: Valor.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!