BC da Argentina mantém taxa básica de juros em 28,75% – Exame

São Paulo – O Banco Central da República Argentina (BRCA) manteve inalterada em 28,75% a taxa básica de juros da economia do país.

De acordo com a instituição, a evolução do núcleo da inflação ao consumidor do país tem tido “um resultado favorável” nos últimos meses, “quebrando o nível de persistência observado até o terceiro trimestre”.

Mais cedo, o Instituto Nacional de Estatísticas e Censos (Indec) informou que o índice de preços ao consumidor da Argentina teve elevação de 1,4% em novembro ante outubro. O núcleo, por sua vez, avançou 1,3%.

“Os indicadores de alta frequência monitorados pelo BRCA mostram que, neste momento, o núcleo da inflação mantém sua dinâmica favorável em dezembro”, diz o BC argentino.

Para o BRCA, a autoridade monetária considera que o “nível atual da política monetária é adequado para minimizar o impacto do aumento de preços regulados”.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!