Exportações gaúchas somam US$ 16,25 bilhões em 11 meses de 2017 – Jornal do Comércio

As exportações gaúchas cresceram 6% de janeiro a novembro deste ano, frente ao mesmo período do ano passado. O fluxo chegou a US$ 16,25 bilhões. A indústria somou US$ 11,4 bilhões, alta de 1,4% frente ao mesmo período de 2016. Veículos automotores, reboques e carrocerias puxaram o desempenho, com avanço de 44,4%, químicos cresceram 15,2% e produtos de metal, 22,2%.

A retomada de embarques para a Argentina pesou. O fluxo cresceu US$ 530 milhões, com forte peso de veículos. Outros equipamentos de transporte tiveram queda de 95,1%, celulose e papel, de 27,3%, e máquinas e equipamentos 7,9% no quadro geral da indústria. Celulose foi afetada pela parada na planta da Celulose Rio Grandense em Guaíba, de agosto a novembro, afetando fortemente o Produto Interno Bruto (PIB),  

No confronto mensal, novembro teve queda de 11,2% nas exportações totais do Rio Grande do Sul, chegando a US$ 1,43 bilhão, no contraste com o mesmo período de 2016. Na área industrial, a queda foi de 26,6%, somando US$ 1,1 bilhão. O que puxou para baixo o fluxo no setor que lidera as vendas, frente a novembro de 2016, foi a comparação com o saldo de novembro de 2016, que registrou a plataforma de petróleo e gás de US$ 388,9 milhões montada em Rio Grande. O valor é lançado apenas de forma contábil, pois o equipamento não chega a sair do Brasil. 

Das outras 23 categorias industriais que registraram vendas ao exterior em novembro, 11 apresentaram alta, oito caíram e quatro mantiveram-se estáveis. Tabaco teve aumento de 10,6%, e veículos automotores, reboques e carrocerias, de 18,3%. As principais influências negativas vieram de outros equipamentos de transporte, recuo de 99,5%, celulose e papel (-71,4%), e madeira (-79,2%).

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!