Senado aprova proposta que obriga Casa Civil a prestar contas – Exame

Brasília – Na última sessão deliberativa do ano, o Senado aprovou, nesta quinta-feira, 14, um projeto de resolução que obriga o Ministério da Casa Civil a prestar contas à Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) duas vezes por ano.

Inicialmente, a proposta determinava que o chefe da Casa Civil teria que comparecer pessoalmente ao colegiado, porém uma emenda flexibilizou o texto para que ele possa escolher outro ministro para a função.

A matéria segue para promulgação.

No início da reunião desta quinta, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), informou que esta será a última sessão deliberativa de 2017.

Ele ponderou que “a Casa é do Parlamento” e o plenário ficará aberto para discussões na próxima semana. O recesso parlamentar só começa oficialmente a partir do dia 23 de dezembro.

O senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) fez uma intervenção e disse que Oliveira estava precisando tirar férias para descansar.

“Acho que todos nós estamos precisando descansar”, respondeu o presidente da Casa. Em seguida, ele fez um balanço dos trabalhos deste ano.

Ele declarou que o número de matérias apreciadas no plenário foi o maior da década (261 proposições).

Em momento de discurso de parlamentares no plenário, muitos deles aproveitaram para elogiar Oliveira por sua atuação como presidente.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!