Fitch eleva rating e Portugal volta a ter grau de investimento – Exame

São Paulo – A Fitch elevou de BB+ para BBB o rating de Portugal, citando a “dinâmica favorável à trajetória da dívida”.

Com isso, o país volta a ter grau de investimento pela agência de risco, selo que havia sido perdido em novembro de 2011, no auge da crise da dívida da periferia da zona do euro.

De acordo com a Fitch, a economia portuguesa tem experimentado desde meados de 2016 um “ciclo forte de recuperação”. A agência acredita que o país vai crescer 2,6% neste ano e 1,9% em 2018.

Para a Fitch, o fortalecimento do mercado de trabalho confirmar essa tendência de recuperação da economia portuguesa. A taxa de desemprego foi de 8,5% em setembro, comparado ao pico de 17,5% em janeiro de 2013.

“Diante da performance dos últimos trimestres, a Fitch mantém a sua convicção de que o crescimento potencial de médio prazo é de 1,5%”, afirmou a agência.

Em setembro, a S&P Global já havia voltado a conferir grau de investimento a Portugal, ao elevar a nota do país de BB+ para BBB-. No mesmo mês, a Moody’s alterou a perspectiva do rating de Ba1 de estável para positiva.

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!