Ouro fecha em alta no dia seguinte à reunião do BC norte-americano – Jornal do Comércio

O contrato futuro de ouro fechou em alta nesta quinta-feira (14), à medida que os investidores digeriram a decisão de política monetária do Federal Reserve (Fed, o banco central americano) da quarta-feira, 13.

Na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex), o ouro para entrega em fevereiro fechou em alta de 0,68%, a US$ 1.257,10 por onça-troy.

O Fed anunciou um aumento nos juros amplamente esperado na quarta-feira e disse que a economia dos Estados Unidos continuará a se expandir em um ritmo saudável em 2018. No entanto, o banco central manteve as projeções para três elevações nos juros no próximo ano, em vez de permitir a possibilidade de ser mais agressivo quanto às políticas de aperto monetário, uma vez que a economia irá crescer mais rapidamente do que o esperado anteriormente. Isso deu aval para o bull market nos preços do ouro, com o metal se esforçando para competir com ativos que atraem mais rendimento quando os juros sobem.

Ainda assim, alguns agentes acreditam que o metal precioso enfrentará desafios nos próximos meses. Em nota a clientes, analistas da Capital Economics comentaram que a autoridade monetária dos EUA pode elevar os juros quatro vezes no próximo ano, um movimento que deve prejudicar os preços do ouro.

Outro fator que pesa sobre os contratos do metal, de acordo com a Capital Economics, é a menor demanda dos dois principais consumidores de ouro do mundo: a Índia e a China.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!