Cobre opera de lado, de olho nas negociações da reforma tributária nos EUA – Jornal do Comércio

O cobre opera perto da estabilidade na manhã desta sexta-feira (15), com investidores de olho na possibilidade de uma reforma tributária nos Estados Unidos. Mais tarde, o projeto final deve ser apresentado em Washington.

Às 9h40min (de Brasília), o cobre para três meses operava estável, a US$ 6.782 a tonelada, na London Metal Exchange (LME). Às 9h50min, o cobre para março subia 0,29%, a US$ 3,0815 a libra-peso, na Comex, divisão de metais da New York Mercantile Exchange (Nymex).

Os republicanos trabalham para tentar aprovar a reforma tributária nos EUA na semana que vem. Os senadores e deputados negociam um projeto conjunto, que pode vir a público mais tarde, e as lideranças querem votá-lo ainda neste ano. O presidente americano, Donald Trump, tem pressionado pela reforma, que segundo ele significará mais crescimento e empregos.

Na agenda de indicadores, às 12h15min será publicada a produção industrial de novembro dos EUA, dado que também pode mexer com o mercado.

Entre outros metais básicos negociados na LME, o zinco subia 0,13%, a US$ 3.190 a tonelada, o alumínio avançava 0,20%, a US$ 2.048 a tonelada, o estanho tinha alta de 0,27%, a US$ 18.900 a tonelada, o níquel subia 0,58%, a US$ 11.255 a tonelada, e o chumbo ganhava 0,30%, a US$ 2.496 a tonelada. 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!