Petros vende por R$ 4,5 bilhões fatia na Itaúsa para Fundação Zerrenner – Jornal do Comércio

A Fundação Antônio Helena Zerrenner, que administra o patrimônio da família fundadora da cervejaria Antarctica – que se fundiu com a Brahma, dando origem à Ambev -, anunciou na sexta-feira (15), a compra de 15,31% das ações ordinárias da Itaúsa, holding de investimentos do grupo Itaú Unibanco, por R$ 4,519 bilhões. A fatia adquirida pertencia a Petros (fundo de pensão da Petrobras), que saiu totalmente do negócio.

A operação foi realizada via leilão na B3 (antiga BM&FBovespa). Edson De Marchi, diretor executivo da fundação, disse que a entidade passa a deter assento no conselho da Itaúsa, que neste ano anunciou a compra da Alpargatas. A fundação também é uma das maiores acionistas da Ambev, com 10,2% das ações ordinárias da gigante de bebidas.

De Marchi afirmou que a fundação, que tem R$ 37 bilhões sob gestão, já tinha interesse em ter participação na Itaúsa há pelo menos sete anos. Nos últimos anos, a Zerrenner começou a comprar ações ordinárias e preferenciais do banco Itaú. Para concretizar a operação anunciada na sexta-feira, a fundação vendeu entre quinta-feira e a sexta os papéis do banco para se posicionar no novo negócio. Ao mesmo tempo, o Itaú recomprou suas próprias ações colocadas à venda pela entidade.

Em comunicado ao mercado, a Petros informou que vendeu todas as suas ações da Itaúsa. Foram negociadas 431,172 milhões de ações, que representam 5,76% do capital total da holding de investimento do Itaú. As ações foram vendidas em leilão a R$ 10,50, valor 13% maior do que a cotação média do papel nos últimos 12 meses.

O fundo de pensão da Petrobras adquiriu fatia relevante na Itaúsa em novembro de 2010 – o Petros montou posição ao comprar a participação que pertencia ao grupo Camargo Corrêa, por US$ 1,6 bilhão à época.

Segundo De Marchi, a compra dos papéis da Itaúsa representa um processo de diversificação da fundação Zerrenner, que tinha boa parte de seu patrimônio posicionado nos papéis da Ambev. A entidade também tem assento no conselho da cervejeira. “Resolvemos investir na Itaúsa, que consideramos uma empresa sólida e referência em governança.”

A holding de investimento do Itaú Unibanco está em um momento de diversificação de seus negócios. A Itaúsa voltou às manchetes ao comprar, em julho, a fatia que a J&F – holding da família Batista, dona da JBS – detinha na Alpargatas, proprietária de marcas como Osklen e Havaianas.

Desde o ano passado, a Itaúsa já vinha sinalizando ao mercado sua intenção de ter fazer aquisições. Em 2016, a companhia chegou a analisar uma possível transação com a BR Distribuidora, da Petrobras – o negócio acabou não indo adiante, e a empresa de distribuição de combustíveis da Petrobras decidiu abrir seu capital, em operação que foi concluída nesta semana.

Além do investimento no Itaú Unibanco e na Alpargatas, a Itaúsa também tem participação na Duratex (fabricante de painéis de madeira, metais e louças), na NTS (transportadora de gás natural) e na Elekeiroz (especialidades químicas).

A Fundação Zerrenner foi criada em 1936, após a morte de Helena Zerrenner, única herdeira da fortuna do marido, Antonio, que falecera três anos antes. O imigrante alemão Zerrenner havia sido um dos primeiros donos da Antarctica, fundada no fim do século 19. A companhia cresceu nas primeiras décadas do século 20, deixando milionário o casal, que não teve filhos.

Dedicada ao setor de educação, a Fundação Zerrenner é patrocinadora dos planos de assistência médica e das bolsas de estudos oferecidos a funcionários e aposentados da Ambev. A instituição também afirma manter projetos gratuitos de ensino fundamental, médio e profissionalizante, por meio de uma estrutura própria. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!