Ebit estima alta de 13% em faturamento de vendas online no Natal – Exame

Segundo a empresa, o faturamento da Black Friday deverá corresponder a quase um quarto do total estimado para o Natal neste ano

Por Reuters

access_time 18 dez 2017, 11h09

O faturamento das vendas online no Brasil durante o Natal deve crescer 13 por cento este ano, para 8,7 bilhões de reais, segundo estimativa da Ebit, empresa de informações sobre o comércio eletrônico brasileiro, com o período considerado pelo levantamento contemplando também a Black Friday.

“O faturamento da Black Friday deverá corresponder a quase um quarto do total estimado para o Natal neste ano”, afirmou o presidente da Ebit, Pedro Guasti, em nota. No cálculo para sua previsão, a Ebit considera as vendas online estimadas para o período de 15 de novembro a 24 de dezembro.

O número de pedidos também deve crescer dois dígitos em relação ao mesmo período do ano passado (11 por cento), para 18,4 milhões de reais, mas o tíquete médio apresentará acréscimo de apenas 2 por cento, para 471 reais.

De acordo com Guasti, a tímida expansão do tíquete médio é um reflexo dos descontos praticados durante a Black Friday e da queda de preços na cesta de produtos do comércio eletrônico, medida pelo Índice FIPE Buscapé.

“Os preços do e-commerce estão registrando deflação há 12 meses consecutivos. Mantida esta tendência em dezembro, o índice deverá fechar 2017 com retração de 2,5 por cento. Para o e-commerce, esse é um dado muito relevante, pois mostra que a alta no faturamento está apoiada no volume de pedidos. O consumidor está vindo cada vez mais para o e-commerce e comprando com mais recorrência”, explicou.

Para o Natal deste ano, bonecas, cafeteira e camisa esportiva estão entre as subcategorias e produtos que devem ser mais vendidos.

(Por Paula Arend Laier)

Fonte Oficial: Exame.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!