Inadimplência cresce 1,91% em novembro e atinge 61,1 milhões, diz Serasa – Jornal do Comércio

O número de consumidores inadimplentes no Brasil cresceu 1,91% em novembro ante igual mês do ano passado, para 61,1 milhões de pessoas, mostra levantamento feito pela Serasa Experian. O montante alcançado pelas dívidas foi de R$ 270,5 bilhões, volume que corresponder a uma média de quatro dívidas por CPF e a um total de R$ 4.425,00 por consumidor.

A quantidade de inadimplentes em novembro é também a maior de todos os meses de 2017 até então.

Apesar de os atrasos com bancos e cartões de crédito concentrarem a maior parte das dívidas, com 29,2% do total, a alta em novembro foi puxada pelo segmento de contas domésticas (água, luz e gás), que teve crescimento de 0,7 ponto porcentual na participação em relação a outubro, saindo de 18,4% para 19,1%.

A maioria das pessoas com débitos vencidos tem entre 41 e 50 anos, com 19,6% do total. Em segundo lugar estão os jovens de 18 a 25 anos, que respondem por 14,4%.

Entre regiões, a que ocupa a maior fatia no total de pessoas com dívidas atrasadas é o Sudeste, com participação de 44,9%. Na sequência estão: Nordeste, com 25,3%, Sul, 12,7%, Norte, 8,8% e Centro-Oeste, 8,3%.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!