Petrobras: produção deve ser ampliada em 300 mil barris por dia até 2019 – Jornal do Comércio

O ano de 2018 será singular para a Petrobras, segundo o diretor de Assuntos Corporativos, Hugo Repsold, que, interinamente, ocupa também a diretoria de Desenvolvimento da Produção e Tecnologia, no lugar de Roberto Moro, aposentado há poucos dias. Ele destaca a entrada de sete unidades de produção no próximo ano, que vão contribuir para ampliar a extração de petróleo em 300 mil barris por dia (bpd) de 2018 para 2019.

Após participar de premiação promovida pelo Grupo Lide Rio, o executivo contou também que acabou de chegar da China, onde visitou os estaleiros e as plataformas que estão sendo construídas no País e que serão instaladas no Brasil no próximo ano.

Nesta segunda-feira (18) a Petrobras divulgou fato relevante no qual informa a contratação da Modec como a afretadora da plataforma de Mero, campo localizado na região Noroeste da área de Libra, no pré-sal da Bacia de Santos. Como a Modec participa do estaleiro Brasfels, em Angra dos Reis (RJ), “há grande chance de Mero ser produzido aqui (no Brasil)”, disse. Ele admitiu, ao mesmo tempo, que falta capacidade para construir cascos no País. “A decisão vai ser da Modec”, acrescentou.

Repsold reiterou ainda a intenção da empresa de divulgar o plano de negócios para o período de 2018 a 2022 no fim desta semana. Mas, em sua opinião, o documento trará poucas novidades em relação ao planejamento anterior. “Conceitualmente, o plano vai persistir. Continuaremos melhorando os indicadores”, afirmou o executivo, que destacou o projeto de avançar, sobretudo, nos indicadores financeiros e de segurança, como previsto no plano anterior.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!