Viagens devem injetar R$ 100 bilhões no verão – Jornal do Comércio

Turismo


Notícia da edição impressa de 18/12/2017.
Alterada em 18/12 às 01h04min

Viagens devem injetar R$ 100 bilhões no verão

Praia de Jericoacoara, no Ceará, vem apresentando grande demanda na temporada

/JARBAS OLIVEIRA/FOLHAPRESS/JC

Adriana Lampert

Com a chegada da alta temporada, o trade turístico brasileiro – principalmente aquele inserido em destinos com praia – se prepara para receber um maior número de visitantes em relação ao início de 2017. Juntos, estes viajantes devem movimentar mais de R$ 100 bilhões no setor somente durante o verão. A estimativa é do Ministério do Turismo (MTur), em estudo que aponta que até fevereiro de 2018 os brasileiros deverão realizar 74,13 milhões de viagens.

A circulação de turistas já aumenta no Réveillon. Muitas pessoas devem se deslocar principalmente para São Paulo, Florianópolis, Rio de Janeiro – que em uma lista com os 10 lugares mais procurados concentram 10% do total de viagens, seguidos por Salvador e Recife. Os números do MTur revelam um crescimento de 0,8% em relação ao mesmo período do ano passado.

A previsão é de que a movimentação injete R$ 100,8 bilhões na economia durante o verão com a movimentação de vários segmentos do turismo brasileiro. “Os números confirmam a força do setor e apontam para um cenário de recuperação da economia brasileira”, avalia o ministro do Turismo, Marx Beltrão. “As perspectivas para o próximo ano também são animadoras”, afirma o ministro, apontando os números divulgados no início do mês pelo IBGE que revelaram um crescimento de 0,6% no setor de serviços.

A CVC, que é uma das maiores agências do setor, percebe que já é um hábito do turista brasileiro viajar nesta época do ano. “Os destinos dentro do Brasil, por conta da preferência do brasileiro em curtir praia no verão, estão com demanda aquecida”, afirma a assessoria de imprensa da rede de agências CVC. A operação de voos fretados de férias pela unidade de Jericoacoara (CE), por exemplo, já está consolidada e com ocupação alta em suas saídas. Ainda de acordo com dados da empresa, o crescimento das viagens internacionais e de cruzeiros marítimos no Brasil vem sendo retomado desde o terceiro trimestre de 2017. “Boa parte dos navios já chegaram no Brasil para mais uma temporada e a CVC está capturando esse desejo do consumidor em voltar a fazer cruzeiro pelo litoral”, informa a assessoria.

Na Personal Operadora, a procura para destinos de praia para o verão de 2018 está intensa, com aéreo e hotéis quase lotados e disponibilidade reduzida. Mas a agente de viagens Camile Mohr pondera que não chega a representar um crescimento significativo de vendas, frente ao início de 2017. “O movimento aumenta a partir do Ano Novo”, afirma.

Também na operadora Sepean os pacotes turísticos para o verão estão lotados. “Tanto em nível nacional, quanto internacional, a maior procura no verão são destinos de praia”, comenta Bruno Dambros, sócio-diretor da empresa. Dambros também destaca que o brasileiro não está mais deixando para decidir viajar em cima da hora. “As pessoas têm se planejado melhor, e comprado os pacotes com antecedência, com isso garantem melhores valores”, observa.

Na Agência Argos Turismo, além dos destinos do Nordeste, a procura pelo Rio de Janeiro está alta para todo o verão, incluindo Réveillon e Carnaval. “Percebemos que o pessoal está se programando para ficar alguns dias a mais nestes destinos, quando reservam os períodos de feriados”, comenta o proprietário da empresa, Danilo Martins.

“Vendi muitas reservas aéreas e de hotel, mas não tantos pacotes.” Para o empresário, as viagens “cresceram muito” nos últimos seis anos. “Talvez as quedas (de 20% a 30% desde 2015) sejam um ajuste do cenário”, observa Martins. “Para o verão de 2018, acredito que as vendas tenham crescido em torno de 10% a 15%, em comparação com o verão de 2017”, finaliza.

Destinos alternativos entram no radar

Apesar de alguns destinos brasileiros já serem tradicionais no caso do Réveillon, a exemplo do Rio de Janeiro, esse tipo de procura vem mudando nos últimos anos, informa o sócio-diretor da Sepean Operadora, Bruno Dambros.

“Atualmente muitos turistas buscam novos destinos, e dos mais variados tipos. Como referência, podemos citar Ushuaia e El Calafate na Argentina, ambos possuem uma demanda altíssima para o período de festas”, explica Dambros.

Segundo o sócio-diretor da Sepean, tradicionalmente, os lugares com maior procura são as praias do Nordeste, e, no exterior, as praias do Caribe. “Mas há também um público mais especifico, que busca lugares não tanto convencionais para o período – e aqui vale citar que Peru e Colômbia estão em alta, com uma demanda muito boa, no que se refere a destinos da América do Sul”, destaca.

Concorrendo com as praias do Nordeste, as ofertas de pacotes para Réveillon no Caribe também atraem muitos turistas, confirma a agente de viagens da Personal Operadora, Camile Mohr. “Muitos casais e famílias brasileiras irão passar sete noites em hotéis com tudo incluso”, afirma Camile. Em solo brasileiro, segunda a agente, este mesmo perfil procura resorts all incluse em lugares paradisíacos como Natal, Maceió, e Porto Seguro. 

Ilhéus é nova opção procurada na Bahia

Conhecida como a Costa do Cacau, a cidade de Ilhéus, na Bahia, vem se tornando um destino destaque na preferência dos brasileiros principalmente neste verão. Com praias paradisíacas, que dividem espaço com mangues e coqueirais, em Ilhéus há também opções tanto para surfistas como para quem busca águas tranquilas.

Para quem prefere contemplar também o lado histórico, o destino é uma ótima opção. Lá está o Bar do Vesúvio, fundado há mais de 100 anos, e um dos pontos turísticos mais famosos da cidade (frequentado por Gabriela e o personagem Nacib, no romance Gabriela, Cravo e Canela, de Jorge Amado).

Além de Ilhéus, segundo levantamento na rede de lojas da CVC, composta por mais de 1.2 mil unidades, entre os destinos mais procurados para o verão de 2018 até o momento está também Jericoacoara (ao invés de Fortaleza), no Ceará. Neste caso, alguns turistas estão combinando a capital com esse ou outro destino mais tranquilo e rústico, com clima de “vila de pescador”. Na virada do ano, Jericoacoara terá festas no centro do município, com música brasileira, “pé na areia e bons drinks”, o que vem atraindo muitos jovens.

No caso de São Paulo, são os resorts no interior o objeto de desejo dos consumidores de viagens de veraneio. “Como esse fim de ano as emendas serão mais curtas, a CVC também vem percebendo que os resorts do interior de São Paulo estão sendo bastante buscados pelas famílias paulistanas para este período do ano”, afirma a empresa. “Dá para viajar com o próprio carro ou levar a família inteira em grupo fechado para uma viagem rodoviária, aproveitando promoções de criança grátis.”


Seja o primeiro a comentar esta notícia

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!