Começa no Rio a assembleia geral de credores da Oi – Jornal do Comércio

A assembleia geral de credores da Oi começou no fim da manhã desta terça-feira (19) no Rio, após meia hora de atraso, e promete se estender ao longo de todo o dia. Na primeira parte do evento, representantes da operadora apresentarão os principais pontos do plano de recuperação judicial que foi protocolado na Justiça há uma semana. Na sequência, será aberta a manifestação para credores, etapa para a qual foi reservado um total de 400 minutos (quase sete horas).

Serão sorteados para falar 25 representantes de credores, espalhados por todas as classes do processo. Também terão direito à manifestação outros 15 credores cujas dívidas são superiores a R$ 500 milhões.

Caso a assembleia tenha uma duração prolongada, o administrado judicial pode optar por uma pausa no fim desta terça-feira, com recomeço na quarta-feira. Já se não houver desfecho, a segunda convocação da assembleia será em 1o de fevereiro de 2018.

A aprovação do plano nesta primeira assembleia requer a maioria dos presentes nas classes 1 e 4 (trabalhistas e fornecedores) e a maioria dupla – considerando número de presentes e valor do crédito – nas categorias 2 e 3 (credores com garantia real e quirografários).

O processo de recuperação judicial da Oi abrange R$ 63,9 bilhões em dívidas. Desse montante, R$ 912,3 milhões são da classe de trabalhistas, R$ 3,3 bilhões com garantia real (onde o único credor é o BNDES), R$ 59,6 bilhões são quirografários (sendo R$ 13,7 bilhões com bancos, R$ 32,3 bilhões com bondholders, R$ 11,1 bilhões com Anatel e R$ 2,4 bilhões com outros processos judiciais) e R$ 68,2 milhões com fornecedores de pequeno porte.

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!