Demanda doméstica por transporte aéreo cresce 5,86% em novembro, diz Abear – Jornal do Comércio

A demanda doméstica por transporte aéreo cresceu 5,86% em novembro na comparação com o mesmo mês de 2016, segundo levantamento divulgado nesta terça-feira, 19, pela Associação Brasileira das Empresas Aéreas (Abear), que reúne os dados de suas associadas (Avianca, Azul, Latam e Gol). Foi o nono mês consecutivo de expansão.

A oferta doméstica teve expansão de 3,45% em igual base de comparação.

A taxa de ocupação subiu 1,88 ponto porcentual, para 82,71% no mês. O total de viagens realizadas dentro do País foi de 7,6 milhões, com avanço de 6,38%.

“Em harmonia com a sazonalidade típica do mercado doméstico brasileiro, as estatísticas de novembro apresentam ligeira desaceleração em relação aos resultados de outubro, para voltarem a crescer com maior vigor em dezembro, mês que marca o início da alta temporada de verão”, destaca a Abear.

A Gol liderou a participação de mercado doméstico em novembro, com 36,64%, seguida pela Latam, com 33,07%, Azul, 17,05%, e Avianca, 13,24%.

De janeiro a novembro desse ano, em comparação com o mesmo intervalo de 2016, a demanda doméstica acumula crescimento de 3,28%, e a oferta tem elevação de 1,50%. A taxa de ocupação é de 81,42% no período, expansão de 1,40 ponto porcentual.

A demanda por viagens internacionais em novembro teve alta de 6,77% na comparação anual, acumulando 14 meses consecutivos de crescimento. A oferta subiu 9,62%. A adição de capacidade em maior proporção do que o crescimento da demanda levou a uma retração de 2,20 pontos porcentuais na taxa de ocupação, que foi de 82,72% no mês.

Foram transportados 691,7 mil passageiros internacionais em novembro, crescimento de 11,77%. As estatísticas das associadas Abear abrangem cerca de 30% do mercado.

A Latam liderou a participação no mercado internacional no mês, com 71,37%, seguida pela Azul, com 11,87%, Gol, 10,69%, e Avianca, 6,08%.

Até novembro a demanda por voos internacionais acumula crescimento de 12,28% na comparação anual. No período, a oferta teve expansão de 10,52%. A taxa de ocupação ficou em 85,04%, expansão de 1,34 ponto porcentual. Os passageiros transportados nestes voos somam 7,6 milhões, um volume 11,60% superior ao ano passado.

“Ainda sem o acréscimo dos dados de dezembro, 2017 já é o melhor ano da aviação internacional entre as aéreas brasileiras em todos os tempos”, destaca a Abear.

A aviação doméstica movimentou 33,1 mil toneladas de cargas em novembro, alta de 7,01% em relação ao mesmo mês do ano anterior. No mercado internacional, as 21,2 mil toneladas movimentadas no mês representam crescimento de 16,17%.

 

Fonte Oficial: Jornal do Comércio.

Os textos, informações e opiniões publicados neste espaço são de total responsabilidade do(a) autor(a). Logo, não correspondem, necessariamente, ao ponto de vista do World Câmbio.

Comentários

você pode gostar também

Quer fazer parte de nosso grupo?

Inscreva-se em nossa newsletter!